2006-12-05

Ser gordo e não ser papai noel no natal


Algumas historias:
A Fuga de papai noel
Um dia me contrataram para fazer um Papai Noel em um shoping na Ilha do Governador, era uma grana maneira por 1 mês de trabalho, no primeiro dia cheguei e fui me preparar para ser o grande Papai Noel (Papai noel, porco capitalista, presenteia os ricos, cospe nos pobres) Me preparei e fui para a grande chegada... Não tinha nenhuma criança na fila, nenhuma festa de boas vindas, eram duas malucas para fotografar Papai Noel com as crianças, custava 10 reais a foto com o bom velhinho (eu) Minha cadeira, a cadeira do Papai Noel ficava bem abaixo do vitral, sol na cabeça do bom velhinho (eu) Até ai tudo bem, tava na merda...
Tinham umas crianças de escola publica que ficavam fazendo gestos obscenos para o bom velhinho (Eu)... Pedi pra ir no banheiro e encontrei os pestinhas lá... Entrei no banheiro dizendo: Papai Noel venho dar um mijão! Vem cá muleque, vem balançar o saco do Papai Noel!
Voltei pro meu lugar e já era hora do almoço, as malucas me fizeram ficar sentado lá na cadeira de Papai Noel até elas acabarem de almoçar, o que não fazia sentido já que não tinha ninguem pra fotografar... Ficaram as duas rindo da cara do Bom velhinho (Eu)... Esperei a hora de ir almoçar... Peguei aquela roupa escrota do bom velhinho (Eu), minha Mochila e fui embora... Peguei uma Kombi, vestido de Papai Noel e fui para um bar encher a minha cara, desliguei meu telefone e dei um cano naquelas malucas... Moral da Historia: Papai Noel não existe!
A revolta
Um dia me ligou uma pessoa de uma empresa de animação de festa
me perguntando se eu não gostaria de fazer o Papai Noel em um salão de Beleza
Eu perguntei quanto que eles estavam pagando,
ela me disse 40 reais o dia de trabalho
e disse que já tinha a roupa e que eu não precisaria me preocupar com isso
eu disse a ela:
Quem lhe deu meu telefone?
ela respondeu que tinha sido fulano de tal
eu continuei:
Liga pra fulano de tal e diga pra ele não ficar dando meu telefone pra qualquer pessoa
e desliguei o telefone na cara da maluca
Moral da historia: 40 reais é o caralho! Eu estudei muito pra fazer o que eu faço!

2 comentários:

Thiago disse...

Papai Noel foi foda! Pior do que as crianças, deve ter sido difícil aturar as duas malucas.

Teatro, drogas e rock disse...

As duas malucas certamente foram as piores, abraços