2012-06-17

RIO+20

Não nãoPrecisamos ver isso com bons olhos, separar o joio do trigo, tem muita gente nestas reuniões que, de fato, está pensando e projetando ideias para um mundo melhor (geografos, ecologitas, filosofos, professores, religiosos, povos e até politicos...) vale dizer, lembrar, que a ECO 92 trouxe para o cenário a questão do meio ambiente e muitas atitudes, pelo menos no campo das ideias foram importantes para entender o ambiente em que vivemos. O mundo que queremos. Vejo, claramente, como mais fraco o olhar politico, que ainda é inerte diante de decisões que fazem alguma diferença no campo da sociedade, mas no campo das ideias, das relações, das artes, faz uma diferença enorme. Digo isso, pois, foram estas ideias que me fizeram perceber melhor o mundo e então, pude mudar melhorar minha vida, transformando a mim, libertando a mim, pondo minha cara um pouco mais para fora da grade; "o teatro não muda o mundo, muda as pessoas, as pessoas mudam o mundo". Existem discussões importantes acontecendo nestes encontros, não só no campo da ecologia; no campo da religião, no campo dos preconceitos, no campo das artes, nas questão dos povos e etnias, na relação entre os países e suas instituições não governamentais, enfim naquilo que entendemos que é MEIO AMBIENTE. Acho o Rio+20 um campo fértil para plantar ideias. Deveriam acontecer mais encontros como estes.

Nenhum comentário: